Prefeitura capacita profissionais da Saúde sobre administração da nova vacina contra Covid-19

A Prefeitura de João Pessoa deu início à capacitação dos profissionais de saúde, que trabalham nas salas de vacina da rede, sobre a vacina Covid-19 Monovalente (XBB), da fabricante Moderna. O imunizante é uma atualização na composição do antígeno, que atua contra nova variante do vírus, e será destinando apenas para as crianças de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias e acima dos 5 anos. As doses são exclusivamente para quem faz parte do grupo prioritário, ou seja, com maior vulnerabilidade ou condição que aumenta o risco para as formas graves da doença.

“No início desse ano, a imunização contra a Covid-19 foi incluída no Calendário Nacional de Vacinação das crianças menores de cinco anos. A recomendação é a mesma: a caderneta deve estar em dia e agora com a vacina mais atualizada que protege contra a variante mais recente do vírus: ômicron XBB, que é destinada também as pessoas acima de cinco anos que integram grupo prioritário. Portanto, nesse próximo sábado, Dia D, já estaremos promovendo a prevenção com este novo imunizante”, destacou Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização de João Pessoa.

Esquema vacinal – A recomendação para realização do esquema vacinal com a XBB é da seguinte forma: crianças de seis meses a quatro anos vão receber duas doses com intervalo de quatro semanas, da primeira para a segunda. Já a população a partir de 5 anos de idade, elencadas no grupo prioritário, tem uma recomendação de uma ou duas doses de reforço, dependendo de qual grupo faça parte. O grupo prioritário de idosos, imunocomprometidos, gestantes e puérperas devem receber duas doses da vacina XBB, com intervalo de 6 meses, da primeira para a segunda dose.

Para os demais grupos prioritários (pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus trabalhadores, indígenas, ribeirinhos, quilombolas, trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente, pessoas com comorbidades, pessoas privadas de liberdade – a partir de 18 anos, funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua), a recomendação é de apenas uma dose de reforço.

O intervalo mínimo recomendado entre a última dose de qualquer vacina Covid-19 e a vacina Covid19 XBB é de três meses. “Todas as orientações técnicas foram discutidas na capacitação realizada nesta quinta-feira com os profissionais de saúde que estarão mobilizados no próximo sábado, no Dia D de multivacinação. Fizemos uma conversa também sobre a importância da busca ativa, do chamamento para atualização da caderneta, compreendendo que a vacinação pode ser feita em qualquer sala de vacina e nos pontos móveis. A importância sempre é para que a vacinação esteja em dia”, completou o coordenador.

Nos grupos prioritários, a dose pode ser anual ou semestral. Para idosos, gestantes, puérperas e imunossuprimidos, a vacinação será semestral. Para todos os grupos, a vacinação independe da quantidade de doses que já tenham sido tomadas nos anos anteriores com intervalo de seis meses da última dose.

Neste sábado (18), Dia D, a vacinação acontecerá nos três pontos móveis, Centro Municipal de Imunização, Policlínicas Municipais e em 25 Unidades de Saúde da Família.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *