Agência Minas Gerais | Governo lança campanha educativa sobre o uso de álcool e outras drogas com foco no Carnaval

A Política sobre Drogas desenvolvida pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) iniciou, nesta terça-feira (30/1), campanha virtual preventiva sobre prejuízos causados pelo uso de álcool e drogas, focada no período de Carnaval.

A campanha traz orientações importantes sobre os principais problemas ligados ao consumo de álcool e faz alertas sobre comportamentos indesejados que podem ser potencializados pelo consumo de drogas lícitas e ilícitas.

Uma outra vertente de ação é uma dica de segurança, um alerta sobre a importância de se ter amigos por perto que não vão te deixar na mão no meio da folia. Brincando com o slogan “Minas Gerais, na nossa folia ninguém deixará você pra trás”, os materiais chamam a atenção para a necessidade de um bom amigo por perto, que ajude a tomar boas decisões ou que possa minimizar qualquer risco relacionado a um já consumado uso de álcool.

A ação virtual começou nesta terça-feira (30/1) e se estende até a quarta-feira de Cinzas (14/2). Haverá inserções nas redes sociais da Sejusp e, também, distribuição de mensagens para o público atendido pelos serviços da Subsecretaria de Políticas sobre Drogas (Supod).

Como destaca a subsecretária da área, Cláudia Leite, durante o Carnaval é comum que pessoas negligenciem os riscos do uso de álcool e outras drogas. “Para o folião curtir de maneira saudável, a informação correta é fundamental. A campanha educativa da Sejusp e Supod busca sensibilizar a população quanto ao uso de álcool no Carnaval e prevenir atitudes que geram danos à saúde física e mental, para que o folião não estrague sua festa e faça a melhor escolha”.

Foco no Carnaval

Também nesta terça-feira, outra ação da Subsecretaria de Políticas Sobre Drogas, com foco no Carnaval, foi anunciada. É que o Governo de Minas lançou o Plantão Integrado Acolhe minas, uma ação inédita realizada pelo Estado na folia. No local, haverá atividades de prevenção e acolhimento relacionados ao uso de álcool e outras drogas.

No escopo de atividade do Plantão Acolhe minas,  profissionais do Centro de Referência em Álcool e outras Drogas (Cread), da Supod, realizarão a acolhida e darão orientações, principalmente, para mulheres em situação de risco, devido ao consumo de entorpecentes.

Vale ressaltar que, desde dezembro do ano passado, o Cread, que é um serviço de atendimento e ajuda ao usuário de drogas e sua família, acontece em parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Portanto, no local, além dos servidores da Sejusp, também haverá a presença de alunos da extensão da universidade.

O objetivo principal do Plantão Acolhe Minas é fornecer atenção especial às mulheres que precisem de apoio em situações de violência, especialmente em casos de importunação sexual.  O serviço funcionará, de 10 a 13/2, das 10h às 19h, na sede do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Prédio Verde), localizado na Praça da Liberdade, na capital. Mais informações, aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *